Início » Listas, Rock Anos 90

O tempo passa: 15 grandes álbuns que, em 2009, completam 15 anos – Parte I


[24 Jul 2009 | 37 comentários | Cler Oliveira]

15 allbuns - 15 anos

Que tal ver depois a parte II desta sequência, ãh?

Quando eu era adolescente jamais imaginaria que um dia iria começar uma conversa com “há 15 anos atras eu…” afinal, 15 anos parece muito tempo. E é. Basta ver o numero de coisas que aconteceram de 1994 pra cá. Talvez, algumas das pessoas que estejam lendo isso nem eram nascidas ou ainda não sabiam sequer fazer conta com doi digitos.

Eu, há 15 anos, era uma adolescente de 18. Nem fazia idéia que estava sendo testemunha ocular de momentos realmente historicos pra a já conturbada história da música.   Apenas hoje, em 2009, consigo ver o quão importantes foram alguns lançamentos que, ao meu bel prazer e preferencia faço questao de destacar. A lista que idealizei é composta de 15 clássico, mas para evitar aqueles posts sem fim, decidi dividir em três partes. Eis a primeira:

1.Unplugged in New York -Nirvana

Unplugged in New York - Nirvana - 1994

Data de lançamento: 1º de novembro de 1994

Hits: por ser uma compilação, praticamente todas as músicas do álbum já eram conhecidas, embora houvessem diversos covers que, posteriormente, se transformaram em arroz-de-festa das paradas de sucesso como, por exemplo, Where did you sleep last night.

Porque ele é histórico: Só o título já responde a pergunta: O ícone grunge de Seattle faz um show acústico para a MTV em Nova Iorque. Algo surreal até mesmo para quem organizou a parada. Segundo Alex Colleti, um dos participantes da produção do Unplugged, era um sonho fazer algo deste tipo com Kurt. Para isso era necessário dar um telefonema e saber se o cara topava ou não. Para o espanto de todos ele topou sem muita resistência. Certamente um dos álbuns mais marcantes da galeria Unplugged MTV. Foi gravado em 18 de novembro de 1993 ou seja, cinco meses antes  Kurt de cometer o suicidio.

2. Superuknown – Soundgarden

Superunknown - Soungarden

Data de lançamento: 8 de março de 1994

Hits: Black Hole Sun, Spoonman, Fell on Black Days, Superunknown, My wave e The day I tried to live.

Porque ele é histórico: Soundgarden era uma banda que existia desde 1984. Com um som pesado e que não se encaixava nos modelos comerciais, o bando liderado por Chris Cornell fazia seu som. No inicio dos anos 90 o planeta percebeu que, em Seattle, uma cena musical muito interessante estava se formando e o Soundgarden fazia parte dele. Porém foi com o lançamento do super premiado Superunknown que a banda foi catapultada para o mundo. A Soundgarden durou até 1997 e 12 anos depois há rumores de uma possivel volta, embora, Chris Cornell transfira essa possibilidade para apenas alguns lançamentos em  comemoração ao baita legado da banda.

3. Voodoo Lounge – Rolling Stones

Voodoo Lounge

Data de lançamento: 11 de julho de 1994

Hits: Love Strong, You Got me rocking, Out of  tears e I go wild.

Porque ele é histórico: Porque é o primeiro álbum de estúdio dos Rolling Stones da década de 90, além de ser o primeiro sem o baixista Bill Wyman que debandou em meados de 1992. Quando foi lançado, saiu do forno direto para o primeiro lugar da parada britânica, feito não alacnaçado pelo grupo desde 1980.

4. Crossroad – Bon Jovi

crossrad bon jovi - 1994

Data de lançamento: 18 de outubro de 1994

Hits: todos. Incluindo as inéditas Always e Someday I’ll be saturday night. A coletânea trazia ainda Blaze of Glory, do trabalho solo de Jon Bon Jovi e a versão acústica para Living on a prayer chamada Prayer ’94.

Porque ele é histórico: A Bon Jovi era uma baita banda de hard rock  farofa em meados dos anos 80. Altas tours, alta grana e alto sucesso. Lá pelas tantas, no final da década, decidiram dar um tempo. Os integrantes trabalharam em projetos solos e ninguém sabia se iriam voltar ou não. Mas em 1992 a banda volta com o álbum Keep The Faith, mais forte do que nunca. Dois anos depois, lançam a coletânea CrossRoads,  primeira e até o momento, única coletânea oficial a banda. Um sucesso que reafirmou o quanto eles estavam a fim de passar a década fazendo o que sabiam. Foi nesta mesma época que a Bon Jovi mexeu em sua clássica formação: sai Alec Such e entra Hugh Mcdonald no baixo.

5. Grace – Jeff  Buckley

Jeff Buckley - Grace

Data de lançamento: 23 de agosto de 1994

Hits: Hallelujah, Last Goodbye, Grace, So real, Eternal life

Porque ele é historico: porque é o único álbum lançado por um cara que, com apenas um disco, se tornou em um dos músicos mais geniais e reconhecidos da história da música. Uma carreira que durou pouco tempo já que em  maio de 1997 seu corpo foi encontrado nas margens de um rio de Nova Iorque. Considerado um dos melhores álbuns da história da música, o lançamento fez de  Buckley um mito cultuado até os dias de hoje, sobretudo na Europa e Estados Unidos. E fez de Grace um álbum cult. Tanto que os seus 15 anos está sendo comemorado com o lançamento de dois box especias, Grace around the world. Recomendo fortemente.

Depois de 30 segundos de comercial sem noção, o clipe.

 

De R.E.M a Seal: Os 20 anos de 15 grandes álbuns que mudaram a história da música – Parte Final
Pra mim, conceber essa lista foi uma volta no tempo. Em um tempo onde eu era mais ou menos feliz e não fazia idéia. Grandes bandas, grandes álbuns e, nessa ...
Leia mais
De Ozzy a Michael Jackson: Os 20 anos de 15 grandes álbuns que mudaram a história da música – Parte II
Perdeu a primeira parte? Clique aqui conhecer outros cinco álbuns ou aqui para conhecer a parte final com mais cinco singles que completam 20 anos. Continuando essa viagem no tempo, mais ...
Leia mais
De Metallica a Nirvana: Os 20 anos de 15 grandes álbuns que mudaram a história da música – Parte I
Leia a parte II e a Parte Final deste post:             Quando se é adolescente nem passa pela cabeça que, algum dia, você vai dizer "há 20 ...
Leia mais
Cinco músicas para você tomar coragem e declarar o seu amor..
Coragem é que nem dinheiro: na hora que você mais precisa, te falta, principalmente quando o assunto é amor.  Quem nunca teve uma paixãozinha por alguém que não faz a ...
Leia mais
Fica.. vai ter Rodrigo Faro! Top cinco perfomances muito rock n’ roll!
Na TV aberta existem programas que são, como costumo dizer, chute  na cara do capeta de tão ruim, mas em muitos, alguma coisa compensa. No caso de O Melhor do ...
Leia mais
Cinco videoclipes que retratam o drama do bullying
O termo é relativamente novo, mas a prática, muito, mas muito antiga. O Bullying ou a "arte" de humilhar uma pessoa, sobretudo entre crianças e adolescentes, dá pautas a grandes ...
Leia mais
15 discos em 15 minutos: o novo meme do Facebook
A idéia está tomando conta do Facebook e funciona de uma maneira bem simples: você deve listar 15 álbuns em não mais que 15 minutos. Dentro do Facebook há algumas ...
Leia mais
It’s only rock n’ roll: Cinco groupies que fizeram a história do rock
Primeiro, vamos definir o que é uma groupie. Segundo o Wikipédia, Groupie é "pessoa que procura intimidade emocional e sexual com músico ou outras celebridade". Em resumo: a Maria Guitarra! Em geral, ...
Leia mais
Hoje, 1º de março, esta blogueira que vos escreve completa 34 anos. E, graças ao Number One in History é possível dar uma de Martin McFly e voltar no ...
Leia mais
Top 5 melhores videoclipes de animação
Mesmo para aqueles que ficam um dia inteiro sintonizados na MTV é cada dia mais difícil encontrar um vídeoclipe que valha os três ou quatro minutos diante do televisor.  A ...
Leia mais
De R.E.M a Seal: Os 20 anos de
De Ozzy a Michael Jackson: Os 20 anos
De Metallica a Nirvana: Os 20 anos de
Cinco músicas para você tomar coragem e declarar
Fica.. vai ter Rodrigo Faro! Top cinco perfomances
Cinco videoclipes que retratam o drama do bullying
15 discos em 15 minutos: o novo meme
It’s only rock n’ roll: Cinco groupies que
10 músicas bacanas que foram #1 da parada
Top 5 melhores videoclipes de animação

Related Posts with Thumbnails

Share on Tumblr

Cler Oliveira

Cler Oliveira, jornalista, gaúcha, apaixonada por música, sobretudo U2, Bon Jovi e Coldplay. Estudiosa constante de Kurt Cobain. Curte pop rock internacional dos anos 80, 90 e tudo o que agrade os ouvidos depois dos anos 2000. Também redatora no www.mudarock.com.br.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebookGoogle PlusYouTube

  • Brian

    Nenhum disco do THE CURE????Nem mesmo Disintegration????!

    A lista é muito fraca…

    Responda este comentário

  • Pingback: O tempo passa: 15 grandes álbuns que, em 2009, completam 15 anos - Parte III (Final) | Hit Na Rede

  • André Caixeta

    Para mim, os Rolling Stones são a melhor banda de rock de todos os tempos. São eles no topo e o resto do mundo em sua sombra.

    Vale lembrar que quando lançaram o CD Voodoo Lounge, saíram em turnê mundo afora. Foi quando vieram ao Brasil pela primeira vez, e, claro, eu estava lá.

    Fiquei 10 horas debaixo de uma chuva torrencial para vê-los. Não me arrependi nem um pouco. Não perdi nenhum show deles, tanto desta turnê como nas 2 outras em que vieram ao Brasil.

    Rolling Stones forever.

    Responda este comentário

  • rose

    eu tinha 14 anos quando ouvi always e me apaixonei pelo Bon Jovi sou super fa até hoje

    Responda este comentário

  • fabio

    concerteza nao poderiamos esquecer do nirvana
    que por muitos forao criticados
    mais enfinm foi uma banda que marcou o cenario musical
    conseguiu at bater no michael jackson
    ja ganhando consecutivamente 37 semanas
    o unpluged mtv
    serviu para mostrar que o nirvana nao era apenas uma bandinha
    como a maioria dos criticos dizem!!!
    viva o rock and roll
    fora que o album do soundgarden é perfeito!!!
    valew abraço a todos
    fbomc@hotmail.com

    Responda este comentário

  • Luciano.’.Francisco

    Caraca mermão, pra quem despertou pro mundo adolescente à partir de 1991, o grunge foi muito difundido pra essa geração que, particularmente, é a minha também… Acho muito interessante discos que ouvi até furar, como unpplugged MTV do Nirvana e Superunknown do Soundgarden etejam completando 15 anos…aliás, creio que o Jar of Flies do Alice in Chains seja do mesmo ano!
    Saudações à todos da minha época que eram apaixonados pelo bom e sujo grunge da terra do Space Needle!

    Responda este comentário

  • Gina

    Ah! Crossroad!! Eu tinha 12 anos na época e comecei a adorar Bon Jovi por causa desse album. O Acústico do Nirvana era pra quando eu me sentisse deprimida :-) Só descobri Jeff Buckley 3 anos atrás, mas adoro Grace.

    Responda este comentário

  • gnoslin

    Cadê o “the division bell”?

    Responda este comentário

    Cler Oliveira Reply:

    Na parte II.

    Responda este comentário

  • Jânder Brasileiro

    Adorei a lembraça desses clássicos adolecentes… O acústico do Nirvana se eternisou por se só, ótimo e pelo menos uma vez grunge comportado, ah,ah,ah… Wooddo Lounge dos stones apesar de parecer ser um pouco comercial, marca o retorno aos estúdios e o hit Love Strong dá a Mick Jagger a volta de sua identidade sombria e sempre com sensualidade no vocal, apesar da excelentíssima, talvez inigualável presença de palco, volta a provar que também é bom parado – será que ele estava parado mesmo – (adorei), Soundgarden com o Chris Cornell é fantástico, parabéns,valeu!

    Responda este comentário

  • Fernando

    Muito legal o Post… Já ouvi muuuuito Cross Roads, e ainda ouço! Ele e muitos outros dos idos de ’80, ’90… :) Um beijo, Cler!

    Responda este comentário

  • alexandre

    Voce vai gostar.

    Responda este comentário

  • http://uol Diêgo Luciano

    O cenário Grunge contribuiu muito para a música mundial, e com certeza depois desses albuns, principalmente das bandas de Seattle surgiram muitas bandas por aí… O grunge é tudo de bom!

    Responda este comentário

  • Gerardo

    O Grace do Jeff Buckley é muito bom, e o incrível é que eu o comprei numa promoção na Aky Discos por 03 Reais!!! Tava levando CD’s por kilo. Se o próprio Jeff Buckley soubesse na época tería morrido, ou será que…(?)

    Responda este comentário

  • Diego Carthage

    Faltou o Definitely Maybe do Oasis, que é provavelmente o melhor disco de estréia de uma banda. Tomara que venha na parte II.
    (2)

    UM ÁLBUM QUE QUEBROU O RECORD DE VENDAS DE UM ALBUM DE ESTRÉIA NA HISTÓRIA DA INGLATERRA ATÉ O MOMENTO(QUE ATÉ ENTÃO ERA DOS BEATLES) E DEU AO MUNDO MÚSICAS COMO LIVE FOREVER, SUPERSONIC, CIGARRETTES AND ALCOLHOL, SLIDE AWAY e ROCK AND ROLL STAR…

    UM ÁLBUM QUE FEZ HISTÓRIA NA INGLATERRA, E MARCOU O INÍCIO DE UMA DAS MELHORES BANDAS DE TODOS OS TEMPOS: OASIS.

    É injusto que não esteja aí, mas é questão de conhecer também. você não deve curtir muito britpop. se me perguntassem quais os melhores cds de hip hop, pagode, sertanejo, funk, forró, etc da história eu não ia saber falar talvez sequer um exemplo… ninguém sabe tudo.

    Mas coloca o Definitely Maybe na próxima entaum, pq é um álbum que ficou pra história. Dizem que mais importante que ele para o Oasis, só o álbum seguinte, o What’s the Story Morning Glory, que tem os clássicos wonderwall, champagne supernova, don’t look back in anger, cast no shadow, some might say, e um monte de músicas épicas.

    até mais.

    Responda este comentário

  • Paula

    Nossa como ouvia, ops ouvia não , até hoje escuto o CD CrossRoad… muito bom, eles são “BONS”

    Responda este comentário

  • http://ricardorudnick.wordpress.com/ Ricardo Rudnick- BOB

    Puts 15 anos já? Não é possivel, rsrs, parece q foi ontem que vi uma galera na loja querendo comprar o crossroad. Nossa, como é bom relembrar essas coisas.
    Ja visitei o seu blog algumas vezes e confesso que esse post é o melhor de todos. To curioso pra saber o resto da lista. Eu ia perguntar se o “big Ones” e “the division bell” iam entrar, mas acabo de conferir a parte 2 da lista, haha. Muito massa
    Parabens por essa idéia.

    Responda este comentário

  • carol

    so porcaria!!!!! vc nao saca de musica mesmo!e ainda tem doido que poe MARIAH CAREY, creduw!

    Responda este comentário

  • Pingback: O tempo passa: 15 grandes álbuns que, em 2009, completam 15 anos - Parte II | | Hit Na Rede

  • Leandro

    O Grace sem dúvida é o melhor da lista!!!

    Responda este comentário

  • Rafael

    É CLARO QUE ESSA NÃO É UMA LISTA CERTA.
    HÁ VÁRIOS GRANDES E ATÉ MELHORES Q ESSE.
    MARIAH CAREY, POR EXEMPLO!

    Responda este comentário

    Agracio Barbosa Reply:

    Meu caro Rafael, você é um sujeito completamento por fora do mundo musical revolucionário. dizer que Mariah Carey é melhor que estes, é um grande absurdo. O que Mariah Carey fez a não ser sair quase pelada em seus clipes. estamos falando em termos músicais não em popstars que usam a imagem sexy para se expor diante das câmeras.

    Responda este comentário

    Rafael Reply:

    Eu não irei brigar. Não vale a pena!
    Há vários artistas que são popstars não por causa da beleza.
    Mariah Carey, por exemplo, nunca foi bonita. Agora até é.
    Mas não entre em contato comigo até você saber sobre ela.
    Suas músicas são compostas e produzidas por ela.
    Agora, se ela consegue unir seu talento a beleza, Parabens…
    O tempo passa, ela o acompanha… sem perder o talento e a voz.
    A cantora que mais vendeu no mundo e a segunda com mais Number 1, não é pra menos que ela seja quem é.

    Eu não abrir uma briguinha de merda. Na verdade não existe o melhor album ou o melhor artista. Porq somos seres humanos e somos diferentes. É gosto, identidade, apenas isso e nada mais.

    Responda este comentário

  • Livia

    Gostei, mas ficou faltando nessa lista: Siamese dream dos Smashing Pumpkins….
    bjos

    Responda este comentário

  • Aurora

    Esse CD do Nirvana foi “minha” trilha sonora de adolescência…eu amo muito minhas lembranças desses momentos!!!

    Responda este comentário

  • Priscilla

    Sixteen Stone do Bush. Novembro de 1994. Bush foi a banda da minha adolescencia. Era apaixonada pelas musicas Comedown, Glycerine, Machinehead… Que saudade! E o vocalista Gavin Rossdale, hein? TUUUDO de bom.

    Responda este comentário

    Diêgo Luciano Reply:

    Concordo com vocÊ Priscilla, Bush é ótimo…

    Responda este comentário

  • Wedson Albuquerque

    Só tem o Crossroad do Bon Jovi
    Esse sim!!!

    Responda este comentário

  • Unit King

    Faltou o Definitely Maybe do Oasis, que é provavelmente o melhor disco de estréia de uma banda. Tomara que venha na parte II.

    Responda este comentário

    Jânder Brasileiro Reply:

    Concordo plenamente com você, até porque o som Popbrit radiofônico do Oasis é uma dos melhores e prazerosos sons existentes do Rock. Bem lembrado kara!

    Responda este comentário

  • http://www.rosebudeotreno.com Anderson

    Tô ouvindo Always agora e me lembrei de vc.
    (Sim, vim aki só pra dizer isso hehe)

    Responda este comentário

    Cler Oliveira Reply:

    Terminei a lista dos 15 albuns e quando eu colocar no ar a segunda parte na noite de domingo, vou lembrar de você também, heheh. Adorei a visita.

    Responda este comentário

  • Pingback:   Nadave Links 59 by Nadave.net

  • http://nathy.com.br Nathy

    aiii amoo o voodoo lounge!:D
    lembra minha infância! também eu sou tri fã dos stones, não tinha como não gostar.

    bahh 15 anos passam muito rápido!

    beijocas cler!
    saudade, me avisa quando vier a porto p te devolver teu diplominha heiueiu

    Responda este comentário

  • http://bocaberta.org Marco

    Pô, que mancada a minha, esquecer justo o Unplugged do Nirvana.

    O ano de 94 não é meu forte. Por causa do seu post, reparei que, muitos álbuns que eu gosto são de 93 ou 95.

    Achei legal você dividir o post em partes. Só lembrei daqueles dois álbuns que te falei pelo Twitter mas aposto que vou ter algumas surpresas ainda.

    Responda este comentário

  • http://www.rosebudeotreno.com Anderson

    Um dos seus melhores posts – 15 anos realmente parece q foi ontem (estamos velhos mesmo!) Estou ansioso pela parte 2. Vc vai falar de Bedtime Stories né?

    Lembro q do Voodoo Lounge saiu uma edição especial do Gol, da VW, lembra? E o Crossroad vendia q nem água, eram caixas e caixas nas Lojas Americanas q o pessoal tinha de repor. E acho q Always foi a música q mais tocou na história da rádio brasileira.

    Responda este comentário

    Cler Oliveira Reply:

    Yeah, entra Bed time e também uma galera brazuca. Sabe que o CrossRoad é, com certeza, o álbum que eu mais ouvi na minha vida inteira.

    Responda este comentário

- web5 - ww8